Moçambicano suicida-se

Um mineiro moçambicano de nome Américo Sabão Muvale suicidou-se no fim-de-semana na unidade de produção numero 11 da mina de ouro da companhia Anglo Gold Ashanti, em Orkney, província sul-africana de North West.

Uma fonte dos mineiros moçambicanos naquela região disse ao jornal Correio da manha em Joanesburgo que as razões do suicídio de Américo Sabão Muvale são ainda desconhecidas.

O malogrado era natural do distrito de Massinga, província de Inhambane, sul de Moçambique.

Entretanto, nesta terça-feira são transladados os restos mortais de um outro jovem mineiro moçambicano de nome Emídio Sebastião Luís que morreu num acidente de trabalho há cerca de duas semanas na mina de Orkney.

Emídio Sebastião Luís possuía duas identidades e a sua morte está a causar celeuma e um cavado embaraço para duas famílias, uma de moçambique e outra da vizinha República da África do Sul.

Detalhes desta história rocambolesca, associada a outras semelhantes poderá ser acompanhada na edição do Correio da manhã (versão PDF) desta quarta-feira (08 de Novembro de 2017)

THANGANI WA TIYANI, CORRESPONDENTE NA ÁFRICA DO SUL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trocar »