JLO na África do Sul

Presidente angolano, João Lourenço (JLO), efectua a sua primeira visita de estado ao estrangeiro na África do Sul com cerca de 10 ministros e uma delegação de empresários de várias áreas económicas para o reforço das relações entre os dois países.

Segundo o comunicado distribuído pela presidência sul-africana, a visita de JLO foi afectada pela evolução da situação no Zimbabwe, relacionada com a resignação do presidente Robert Mugabe, do cargo que ocupava há 37 anos.

A visita seria de dois dias a partir desta quinta-feira, mas o comunicado da presidência sul-africana indica que agora vai ser apenas nesta sexta-feira, 24 de Novembro.

Os dois países cooperam em varias áreas que incluem comércio e investimento, energia, defesa e segurança, migração, desenvolvimento de infra-estruturas, exploração de recursos minerais, turismo, artes e cultura.

Várias empresas sul-africanas operam em Angola em diversas áreas. Segundo o comunicado da presidência sul-africana, Angola é um dos maiores parceiros comerciais da África do Sul em África.

No ano passado, as exportações sul-africanas para Angola atingiram 8.2 mil milhões de randes, cerca de 586 milhões de dólares norte-americanos.

No mesmo período, as exportações de Angola para África do Sul dominadas por crude petrolífero atingiram 18 mil milhões de randes ou seja quase 1.3 mil milhões de dólares norte-americanos.

Nas conversações entre as duas delegações, o presidente Jacob Zuma vai ser acompanhado por 11 ministros, incluindo da Defesa, da Segurança, dos Recursos Minerais, e de Energia.

THANGANI WA TIYANI, CORRESPONDENTE NA ÁFRICA DO SUL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trocar »