Investimento turístico

O governo de Moçambique acaba de autorizar um investimento turístico de uma sociedade da África do Sul e dos Estados Unidos orçado em 20 milhões de euros (cerca de 1.437 milhões de meticais).

“A resolução autoriza provisoriamente o pedido da sociedade Nuanetsi de aquisição do Direito de Uso e Aproveitamento de Terra (DUAT) relativo a uma área de 17.900 hectares”, referiu a vice-ministra da Cultura e Turismo, Ana Comoana, falando na qualidade de porta-voz do Conselho de Ministros.

A área situada em Mapulanguene, na província de Maputo, será destinada a uma fazenda de bravio para fins turísticos e de conservação, com um projecto que inclui a construção de um ‘lodge’, dez vilas turísticas, bem como infraestruturas sociais, incluindo vias de acesso e escolas.

Redacção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trocar »